Quando a Garota de Ipanema encontrou Chica da Silva

diamantinamg

Como gostaria não apenas  “viajar” no texto de minha amiga Maria Sônia, mas também  participar do IV “Diamantina Gourmet” – Festival de Gastronomia e Cultura que acontece de 8 a 17 de novembro nessa cidade histórica de Minas Gerais! Lugar encantador, música maravilhosa, comida deliciosa, que mais pode desejar um mero mortal? Simplesmente jogar uma mochila nas costas e chegar logo a Diamantina.

    Na bossa das esquinas dobram os ingredientes e sinos. Na beira da praia a garota de Ipanema trança seu charme entre mares e aperitivos, peixes, pescadores, amores e alegria. No sopé da montanha, Chica da Silva envolve seus encantos nas mesas e camas que tão bem soube compartilhar – até conquistar o contratador João Fernandes para a celebridade e soberania. A Garota carioca e Chica a mineira sabiam do poder dos prazeres.

Na bossa da canção de nova interpretação do samba, reinando a suavidade, tom de pura sedução, a Bossa Nova deu voz aos entremeios e sussurros.

O Festival Diamantina Gourmet ao homenagear a Bossa Nova faz bom casamento de ingredientes e musicalidade conjugando à mesa  as raízes melódicas da harmonia. Este ano, 11 restaurantes se debruçam em cardápios criados especialmente para o evento e sopram a voz que a Garota e Chica antes protagonizaram, dando vez a inovação e talentos.

Os sabores das curvas das cidades de Diamantina e das ondas do mar da orla carioca se misturam em sabores. Frutos do cerrado, frango caipira, carne seca, frutos do mar, peixes e causos locais fazem a composição.

Chica e a Garota estão aí juntas, cada uma com seu particular e inviolável personagem, cada uma trazendo força e boas energias para mais uma edição deste charmoso Festival, nesta 4ª edição.

Carioca por opção absoluta e mineira por adoção, vislumbro que o Ora Pro Nóbis, as couves e outras tradicionais especiarias mineiras somadas à cerveja gelada – tão associada às praias – aqui juntadas à boas cachaças regionais, transformarão estes dias num verdadeiro lugar de boa comida e boa gente.

Coisa fácil não, Chica e Garota, vocês foram as maiores divulgadoras!

Maria Sonia Madureira de Pinho

(Arte Educadora, com especialização em Gestão de Patrimônio Cultural, carioca. Profunda admiradora das Minas Gerais)

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Luciana
    nov 12, 2013 @ 09:08:58

    Maria Sonia, que vontade que deu de ir à Diamantina depois de ler o seu texto!
    Só não vai dar porque já tenho um compromisso muito importante neste final de semana, os 85 anos do meu pai.
    Que tudo transcorra na mais absoluta paz no festival, porque sucesso já é!
    Um beijo para você e Paula Piano,

    Responder

  2. Priscilla Barbará
    nov 12, 2013 @ 15:16:42

    Duas craques!!!!! bjs

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: