Revendo seu escritor favorito

FLIP 10 anosTem uma pequena joia escondida na seção de DVD’s das livrarias. Trata-se do primeiro DVD, de uma série de três*, pertencente à Coleção Flip 10 Anos – Uma palavra depois da outra: a arte da escrita que “apresenta o que de melhor se passou nas mesas da Flip (Festa Literária Internacional de Paraty) entre 2003 e 2011”.

Dividido em oito capítulos, autores como Millor Fernandes, Mia Couto, J.M.Coetze, Isabel Allende e muitos outros (são ao todo 117 escritores), falam sobre o processo da escrita, como criam seus personagens, o que é inspiração e a relação que têm com seus leitores.

Um DVD  para ser visto e apreciado devagarinho por todos aqueles que tiveram, ou não, a oportunidade de participar da Festa e que são apaixonados pelo mundo da leitura.

* o segundo sairá no final do ano e o terceiro na próxima FLIP

FLIP 10 Anos – Uma palavra depois da outra: a arte da escrita

Diretor: Gustavo Rosa de Moura

Gravadora: Vitrine Filmes

Região: 4

País de produção: Brasil
Legenda: Inglês | Português
Tempo de duração: 167 minutos
Código: 793573269294

Preço: R$ 37,90

 

 

Em defesa de Jacob

Seria apenas mais uma investigação igual a tantas outras que já fizera, nada demais. O promotor Andy Barber precisava descobrir e condenar o assassino de um garoto de 14 anos, colega de escola de seu filho.

No entanto o caso acaba por se complicar quando as suspeitas recaem sobre a própria família e ele é afastado do cargo.

Apesar de acreditar na inocência do filho, Barber descobre que ele esconde segredos muito perturbadores.

Baseado em quê pode um pai afirmar, categoricamente, que conhece o filho adolescente? Será que por  amá-lo muito não ficaria emocionalmente cego a  tudo o que não quisesse ver e perceber?

A essas revelações se juntarão outras, vindas de um passado que o próprio Barber levou toda a vida procurando esquecer.  A desconfiança instalada na família acabará por minar o casamento longevo e feliz do promotor.

Não é à toa que “Em defesa de Jacob” ficou mais de 20 semanas na lista de mais vendidos do New York Times.  O livro é um excelente suspense psicológico com um final surpreendente. Recomendo a sua leitura para os apaixonados por tramas que se desenrolam em tribunais ou para aqueles que simplesmente gostam de uma história em que nada é o que parece ser.

Em defesa de Jacob

Wiliam Landay

Editora Record

R$ 39,90

Agora é por minha conta, socorro!

        

Para aqueles que ainda moram com os pais, esse assunto é chatinho, e tão desinteressante… Como num passe de mágica tem sempre “alguém” que prepara uma comidinha gostosa, lava a louça, passa a ferro o vestido ou a camisa, limpa o banheiro e não esquece de regar a plantinha que fica no canto da sala.

As coisas simplesmente aparecem prontas e fim de papo! Mas um dia decide-se que está na hora de casar ou aceitar aquele convite para trabalhar em outra cidade e é aí que os “probleminhas” aparecem.

Como se faz, como limpar, que produtos comprar e como usar? É  um mundo novo cheio de ciladas que precisam de conhecimento e uma certa tranquilidade para serem desarmadas.

Caso haja condições financeiras para contratar uma diarista ou até mesmo uma empregada mensalista, melhor, mas como orientá-la ou, se for necessário, ensinar algo que ela não saiba fazer?

Para ajudar nessa nova fase da vida, é uma excelente sugestão dar de presente em um chá de cozinha ou para quem pretende morar sozinho, um dos livros “O que toda empregada doméstica deve saber”, “Casa limpa, roupa lavada, comida na mesa” e “Casa limpa e arrumada”.

Todos oferecem dicas preciosas para sobreviver por conta própria. Tais como acabar com a bagunça, usar a máquina de lavar roupas, conservar por mais tempo as folhas de alface na geladeira e outras coisinhas mais.

Os dois primeiros livros informam também  quais são os direitos trabalhistas e deveres da eventual funcionária que se contrate.

Falando francamente? Os livros são um tremendo quebra-galho, quer se esteja recém-casado, separado, ou para quem já é expert nesse tema.

    O que toda empregada doméstica deve saber

Dacruz Nery

Senac-DF

R$ 30,00

     Casa limpa, roupa lavada, comida na mesa – um guia de serviços domésticos

Senac Nacional

R$ 27,00

     Casa limpa e arrumada

Donna Smallin

Editora Gente

R$ 43,90

Um defeito de cor

“A palavra do candidato sobre sua cor será o único critério das universidades federais para definir os alunos que serão beneficiados por cotas. O MEC não quer criar comissões para confirmar a informação, como já é feito na UnB” – Folha de S. Paulo 16/10/12

Quando atualmente um estudante utiliza a cor de sua pele, como diferenciador positivo, para ser admitido na Universidade, nem imagina que no final do século XIX e inicio do século XX, se desejasse exercer um cargo público ou até mesmo tornar-se um eclesiástico, precisaria fazer exatamente o oposto e assinar um documento renunciando à sua etnia.

Naquela época as políticas governamentais procuravam embranquecer a população brasileira e esses cargos eram exclusivos dos que eram ou se consideravam brancos.

Tomei conhecimento dessa aberração quando li há seis anos “Um defeito de cor” de Ana Maria Gonçalves. O livro é uma grande aula sobre a escravidão no Brasil e nem as mais de novecentas páginas me assustaram.

Fazia pouco tempo que me mudara para Salvador e ficava encantada ao reconhecer os lugares que eram citados pela autora. Sempre que podia procurava compartilhar a leitura com amigos e conhecidos, afinal a maior parte da história se passava nessa cidade e no Recôncavo Baiano.

Recentemente conheci as cidades históricas de Minas Gerais e lembrei-me de “Um defeito de cor”. As igrejas visitadas, os altares revestidos com o ouro extraído das minas da região, as esculturas feitas por Aleijadinho, os canais construídos nas serras para levar água até aos povoados, tudo bradava o trabalho realizado com o sangue e o sofrimento dos negros escravizados.

Ana Maria Gonçalves fez uma minuciosa pesquisa e escreveu um belíssimo romance histórico. Para aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de ler, recomendo. Trata-se de uma leitura imperdível.

Um defeito de cor

Ana Maria Gonçalves

Editora Record

R$ 82,90

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: