É proibido

Os 30 e Eu

É proibido chorar sem aprender,
Levantares-te um dia sem saber o que fazer
Ter medo das lembranças.
É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,
Não transformar sonhos em realidade.

É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague pelas tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos
Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessitas deles.

É proibido não seres tu mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,
Ser gentil só para que se lembrem de ti,
Esquecer aqueles que gostam de ti.
É proibido não fazer as coisas por ti mesmo,
Não crer em Deus e fazer o seu destino,
Ter medo da vida e dos seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.

É proibido sentir saudades de alguém sem te alegrares,
Esquecer os seus olhos, o…

Ver o post original 117 mais palavras

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Celina
    nov 18, 2020 @ 06:20:57

    A Fagulha sempre surpreendendo nos traz a poesia do Neruda regando a pandemia e o isolamento social!

    Responder

  2. Princess Agnes
    dez 22, 2020 @ 09:43:01

    Uma honra ser republicada pelo Fagulha .

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: