Madrugada Suja

Madrugada-Suja

Eles são quatro, três rapazes e uma adolescente e acabam de se conhecer saindo de uma festa de estudantes.  Estão todos embriagados. Mesmo assim, entram no carro de um deles e vão para um sítio ermo e distante. O que pretendiam? Nada em especial ou talvez tudo, mas com certeza não esperavam que aquela madrugada terminasse em tragédia.

Pronto! É dessa forma eletrizante que tem inicio Madrugada Suja, o ultimo romance do escritor português Miguel Sousa Tavares.

No capítulo seguinte a história avançou dez anos. O passado e o presente se entrelaçam, e somos apresentados a Felipe, um dos participantes daquela noite fatídica.

Nascido e criado pelos avós em Medronhais, uma aldeia no interior de Portugal, onde os verões são escaldantes e os invernos rigorosos, o protagonista do livro é um jovem arquiteto que trabalha como funcionário público, dando pareceres sobre a viabilidade ambiental, ou não, de grandes empreendimentos imobiliários.

Madrugada Suja retrata os descaminhos pelos quais passou o país, nos últimos quarenta anos desde a Revolução dos Cravos em 1994.

Se por um lado terminaram as mortes de tantos jovens portugueses enviados como bucha de canhão para as guerras espalhadas nas colônias do ultramar –  e se colocou um ponto final no governo opressivo – por outro, não se soube usufruir da liberdade recém-conquistada e dos benefícios financeiros oferecidos pela Comunidade Europeia, para construir uma sociedade mais justa e igualitária.

Miguel Souza Tavares retrata Um Portugal de aldeias mortas, de comerciantes falidos, de agricultores sentados à berma das estradas construídas com os dinheiros da Europa, vendo passar os grandes camiões que traziam da Espanha e dessa Europa as frutas e os legumes criados em estufas maiores do que quaisquer hortas deles.

Assim como o avô resiste solitário ao êxodo de todos os habitantes de Medronhais, seduzidos pelo canto da sereia de melhores condições de vida nas grandes cidades, Felipe não se deixa abater diante das pressões dos poderosos, e, até mesmo, às chantagens referentes ao passado que a muito custo procura esquecer.

Madrugada Suja é um daqueles livros que se leem de um fôlego só. Uma denúncia altamente recomendável para todos aqueles que, em breve, estarão escolhendo os próximos governantes.

Infelizmente, não há muitas diferenças entre Portugal e o Brasil.

 

  • Madrugada Suja

Miguel Sousa Tavares

Companhia das Letras

R$ 39,50

R$ 27,50 (E-book)

Meus presentes de Natal

Ainda não dei conta da lista de livros “Quero Ler” feita ano passado e já estou com outra novinha em folha. Desta vez os escolhidos são:

Marcoré Marcoré de Antonio Olavo Pereira – editora Arqueiro

(Confesso que nunca tinha ouvido falar nesse escritor. Fiquei curiosa quando soube que seu livro publicado em 1957 fora muito bem recebido, não só, pelo público mas também pela crítica, tendo inclusive recebido o Prêmio Romance da Academia Brasileira de Letras. Além do que gostei muito da capa, capas bonitas me seduzem bastante.)

Fim de Fernanda Torres – Companhia das Letras

(Este é o primeiro romance escrito pela premiada atriz de cinema e televisão. Como aprecio as crônicas que escreve quinzenalmente na Veja-Rio resolvi conferir seu novo trabalho.)

O jantar de Herman Koch – editora Intrínseca

(Assim que li a resenha fiquei interessada. O livro publicado originalmente na Holanda, rapidamente foi um sucesso, e tem sido presença constante na lista dos mais vendidos de diversos países. Duas adaptações cinematográficas estão programadas. A primeira holandesa estreou em novembro nos Países Baixos, e a segunda versão marcará a estreia da atriz australiana Cate Blanchett como diretora.)

Madrugada suja de Manuel Sousa Tavares – Companhia das Letras

(O autor me conquistou com Equador e desde então leio todos seus livros publicados no Brasil.)

Grande-Irmão-Lionel-ShriverGrande irmão de Lionel Shriver – editora Intrínseca

(Se houve um livro que me impactou bastante foi Precisamos falar sobre Kevin. Também gostei muito de O mundo pós-aniversário, que conta o que aconteceria na vida de uma mulher se ele optasse por um ou outro relacionamento amoroso. No Brasil foram publicados mais dois livros da autora cujos temas não me interessaram (Dupla Falta e Tempo e Dinheiro), mas o de Grande irmão chamou minha atenção. Ele fala sobre um tema tabu e ao mesmo tempo tão presente na nossa sociedade, a obesidade.)

Kardec a biografia de Marcel Souto Maior – editora Record

(Apesar de morar num país em que o espiritismo é tão presente, desconheço a vida de seu fundador. Uma falha que pretendo solucionar nos primeiros meses do próximo ano.)

Agora, fico me perguntando quantos outros títulos irão se juntar a estes antes da véspera do Natal?

  • Marcoré

Antonio Olavo Pereira

Editora Arqueiro

R$ 29,90

  • Fim

Fernanda Torres

Editora Companhia das Letras

R$ 34,50

  • O jantar

Herman Koch

Editora Intrínseca

R$ 29,90

  • Madrugada suja

Miguel Sousa Tavares

Editora Companhia das Letras

R$ 39,50

  • Grande irmão

Lionel Shriver

Editora Intrinseca

R$ 29,90

  • Kardec a biografia

Marcel Souto Maior

Editora Record

R$ 39,00

%d blogueiros gostam disto: