Nem tudo será esquecido

nem-tudo-sera-esquecidoDecidi ler Nem tudo será esquecido de Wendy Walker quando soube que os direitos autorais haviam sido comprados pela atriz e produtora cinematográfica Reese Witherspoon. Ela costuma ter um bom “faro” para escolher histórias que se adaptarão bem na tela de cinema.

Foi o que aconteceu com Garota Exemplar de Gillian Flynn e Livre: a jornada de uma mulher em busca do recomeço, escrito por Cheryl Strayed. Inclusive, no último caso, gostei mais da versão cinematográfica do que o próprio livro. Quem sabe ela não acerta de novo?

Por enquanto o elenco e a direção do filme não foram escolhidos. Tento imaginar quem representará o psiquiatra Allan Forrester, narrador e figura central deste suspense psicológico.

O médico é chamado para ajudar uma jovem a resgatar a lembrança de um acontecimento violento, depois que ela tenta tirar a própria vida. O psiquiatra está a par de um novo tratamento  aplicado em veteranos de guerra, que apaga os fatos traumatizantes por que passaram.

Com o intuito de proteger a filha, os pais autorizam que ela faça parte desse mesmo experimento. No entanto o resultado não é o esperado. A jovem não lembra o que lhe aconteceu, mas uma angústia inexplicável permanece, e a impede de retomar a vida normal.

À medida que a trama avança, a linha divisória que separa os bonzinhos dos suspeitos se dilui. Todos têm segredos inconfessáveis, inclusive a mãe da adolescente e o médico que tenta salvá-la.  Se uma memória for apagada, outra pode ser criada e manipulada? Quais serão as conseqüências?

A autora consegue manter o leitor interessado até o fim, mas, por mais perspicaz que seja, nada o preparará para o final surpreendente de Nem Tudo Será Esquecido. Pode acreditar em mim.

X-X-X

Escrevi este post no domingo e, coincidentemente no mesmo dia, li que Reese Witherspoon comprou os direitos de outro livro. Desta vez, transformou-o em uma mini série para a televisão. Trata-se de “Pequenas Grandes Mentiras” da escritora australiana Liane Moriarty. O diretor é Jean-Marc Vallée, o mesmo que a dirigiu em Livre. Nos papéis principais, além dela, atuam Nicole Kidman e Laura Dern.  A mini série acaba de estrear no canal HBO e tem tudo para ser um grande sucesso.

 

  • Nem tudo será esquecido

Wendy Walker

Editora Planeta

R$ 36,90

E-Book R$ 25,83

O Segredo do meu Marido

O-segredo-do-meu-maridoPor puro preconceito quantos livros instigantes devo ter posto de lado sem mesmo dar-me ao trabalho de folhear?

Provavelmente isso teria acontecido também com O Segredo de meu Marido, de Liane Moriarty se não o tivesse recebido de presente de uma amiga, que, ao fazê-lo, o elogiou bastante.

É verdade que o titulo do livro, assim como a capa muito “mulherzinha”,  me deixaram um tanto ou quanto ressabiada. Não parecia ser o tipo de leitura que costuma me agradar. No entanto, quando observei com mais atenção a chamativa flor cor de rosa da capa, notei que as pétalas estavam despedaçadas. Elas tinham sido picotadas em mil pedacinhos. Ali não reinava a ordem, muito pelo contrário, ali reinava o caos!

E foi assim, com a curiosidade aguçada, que iniciei a leitura do livro. Após ler os primeiros parágrafos esbocei um sorrisinho desdenhoso, a história parecia ser mesmo frívola. Mas por que então continuei e li o segundo, o terceiro e o quarto capítulo, só me dando por satisfeita quando cheguei ao fim? Porque simplesmente O Segredo de meu Marido tem ritmo e é ótimo!

Admito que não o indicaria a um público masculino, mas para uma amiga ou uma cliente, caso ainda trabalhasse numa livraria, o faria com toda a certeza!

A trama gira em torno de um segredo revelado numa carta e como ele afetará a vida de três mulheres que, aparentemente, não têm qualquer conexão entre si.

A primeira é Cecília, a certinha e eficiência em pessoa, e também a responsável por minha primeira e desfavorável impressão (Ó céus, mais um personagem previsível!). Ela abrirá a caixa de Pandora, ou melhor, a fatídica carta que supostamente só deveria ser lida quando o marido morresse.

Depois vem Tess, que mora em outra cidade e cuja vida pessoal desmorona quando a prima, que é sua sócia  e também melhor amiga, comunica que está apaixonada pelo seu marido e é correspondida.

Por último tem a Rachel, uma mulher mais velha e amargurada que não consegue superar o fato da filha ter sido assassinada há mais de vinte anos.

O único ponto em comum entre elas é a pequena escola onde as duas primeiras estudaram e onde a terceira trabalha. Nada de muito significativo. Mas quando Cecília descobre e lê a  inimaginável carta do marido, as histórias começam a se interligar até ao desfecho final e impactante.

Com capítulos curtos e diálogos inteligentes O Segredo de meu Marido prende ou leitor (a) do início ao fim. É com certeza um livro impossível de se largar!

 

  • O Segredo do meu Marido

Liane Moriarty

Editora Intrínseca

R$ 29,90

E-book R$ 19,90

 

%d blogueiros gostam disto: