O clube do livro do fim da vida

O-clube-do-livro-do-fim-da-vidaDurante quase dois anos O clube do livro do fim da vida fez parte da minha lista de desejos. Qual não foi a minha satisfação quando o ganhei de presente de aniversário.

Entretanto, esperas prolongadas costumam provocar expectativas que muitas vezes terminam em decepções. Foi, portanto, com certo receio que iniciei sua leitura.

Minha insegurança durou pouco. Fui logo cativada pela nota inicial do autor onde ele compartilhou uma frase que sua mãe costumava dizer: “Faça o seu melhor, e é só isso que pode fazer”. Se era com essa leveza que se tocava a vida, a leitura prometia ser descontraída e acolhedora.

A história se apóia em dois pilares. O primeiro são as leituras que Mary Anne compartilhou com o filho Will, autor deste livro. O segundo é ela mesma.

Ao ser diagnosticada com um câncer, Will começou a acompanhá-la às sessões de quimioterapia. Para torná-las menos desagradáveis, criaram um clube de leitura só para eles. Enquanto Mary Anne se submetia ao tratamento, os dois conversavam sobre personagens e trechos do livro que lhes tinham tocado.

Quando dei por mim, estava anotando numa folha de papel algumas sugestões que me interessaram: Encontro em Samara de John O’Hara ; Os detetives selvagens de Roberto Bolaño; Gilead de Marilynne Robinson;  A mordida da manga de Mariatu Kamara.

Outras indicações eu já conhecia: O ano do pensamento mágico de Joan Didion; Um delicado equilíbrio de Rohinton Mistry ; Os homens que não amavam as mulheres de Stieg Larsson.

Um livro em especial chamou minha atenção: A elegância do ouriço de Muriel Barbery. Não recordo qual foi o motivo, mas lembro que nos primeiros capítulos – e apesar dos elogios de diversas pessoas cujo gosto literário combina com o meu – o deixei de lado. Agora que confiava nas opiniões literárias do autor e sua mãe, talvez estivesse na hora de lhe dar uma segunda chance.

À medida que a leitura de O clube do livro do fim da vida se encaminhava para o final, percebi que deliberadamente a estava retardando. Não porque não estivesse gostando, mas porque sabia que quando o livro terminasse, a mãe do autor estaria morta. Mesmo sabendo que isso já acontecera na vida real, não queria que fosse verdade. Eu me afeiçoara a Mary Anne, queria conhecê-la!

Tudo bem que fui apresentada a ela pelo olhar amoroso do filho, mas como não me encantar por essa senhora cheia de energia, que gostava genuinamente das pessoas e lhes oferecia algo muito precioso, e que ultimamente anda bem escasso: Atenção. Ela as escutava e para todas tinha uma palavra amiga e um sorriso.

Desde muito jovem, sempre se envolveu em causas sociais. A família era importante, principalmente os netos, mas por mais de vinte anos visitou campos de refugiados e dedicou-se em aliviar seus sofrimentos. Sempre que possível, ajudou vários a refazerem suas vidas longe dos conflitos e zonas de guerra.

Sua crença no poder transformador e agregador da literatura, levou-a a lutar pela implantação de uma biblioteca em Cabul capital do Afeganistão. Essa foi sua última empreitada.

Acho que Mary Anne ficaria feliz se soubesse que sua vida – assim como o livro – inspirou muita gente inclusive a mim.

 

  • O clube do livro do fim da vida

Will Schwalbe

Editora Objetiva

R$ 39,90

E-Book  R$ 24,90

5 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Celina
    fev 25, 2016 @ 09:25:54

    Sobre o livro A elegância do ouriço de Muriel Barbery, li o livro e vi o filme, gostei muito. Quem sabe a Fagulha dá uma nova chance e nos presenteia com um dos seus posts?

    Responder

    • fagulhadeideias
      fev 26, 2016 @ 07:37:18

      Você faz parte dos amigos cujo gosto literário combina com o meu. Tenho que dar uma segunda chance ao Ouriço. 🙂

      Responder

  2. Pâmela Maidana
    fev 25, 2016 @ 10:01:52

    Que linda essa resenha, e esse livro parece ser tão lindo quanto ❤

    Responder

  3. fagulhadeideias
    fev 26, 2016 @ 07:39:55

    Imagino que tenha muitos livros para ler, mas se puder coloque ele na sua pilha. 🙂

    Responder

  4. Trackback: A livraria que saiu das páginas de um livro |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: