Uma coleção para poucos

Cachoeira - BA

Não é verdade que todo baiano gosta de se exibir. É o que deduzo com a relutância dos idealizadores da Coleção Gente da Bahia em divulgá-la do jeito que ela merece.

Como é possível que um selo criado pela Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, com o intuito de homenagear baianos legítimos ou de coração, tenha a distribuição dos livros restrita apenas aos deputados, bibliotecas estaduais,  visitantes da Assembléia e esporádicas noites de autógrafos?

Será que os nobres deputados pagaram do próprio bolso a publicação da coleção? Se assim o fizeram, estão de parabéns. Mas não seria muito mais interessante se os livros pudessem ser comercializados e encontrados nas livrarias de todo o país (ou pelo menos nas livrarias do estado) para o usufruto de um maior numero de interessados, além de possibilitar um eventual reembolso financeiro do que foi gasto com a publicação dos mesmos?

A Coleção Gente da Bahia já homenageou 37 personalidades do séc. XX que se distinguiram nos seus respectivos campos de atuação. Como bem lembrou o jornalista Samuel Celestino em artigo publicado no início do ano passado, infelizmente são poucas as mulheres ali representadas. Deixo como sugestão para futuras edições os nomes de Irmã Dulce, Mãe Stella de Oxóssi, Yeda Pessoa de Castro e Eliana Calmon.

Toda esta digressão foi  para dizer o quanto gostaria de ver mais pessoas conhecendo e apreciando a poesia de Damário Dacruz, cujo perfil foi pesquisado com desvelo pela jornalista e escritora Mariana Paiva.

Graças a ela conheci a vida e a obra do jornalista / escritor / publicitário / fotógrafo e poeta ícone da geração baiana dos anos 70 e 80.

Se a autora durante a adolescência pendurava na parede de seu quarto o poster-poema Todo Risco de Damário Dacruz, tenho espetado, na cortiça de recados que fica ao lado da minha mesa de trabalho, um panfleto com a poesia Tempo Reinscrito:

Que

as manhãs

nunca entardeçam.

Que

as tardes

 nunca anoiteçam.

Que

as noites

nunca amanheçam iguais.

 Vale muito a pena reler (ou descobrir) os poemas de Damário, falecido prematuramente aos 56 anos vítima de um câncer de pulmão.

Os quatro livros do poeta estão esgotados, mas Mariana Paiva pretende empenhar-se para que essa lacuna seja solucionada ainda este ano e a poesia dele volte a ser declamada por todos os baianos.

Nesse meio tempo é possível apreciar a obra de Damário Dacruz pelo site  http://www.damariodacruz.com.br

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Mariana
    fev 19, 2015 @ 11:03:49

    Olá, Paulinha!
    Uma pena esses livros não terem uma divulgação digna da importância que eles representam para nós. Poderiam ser disponibilizados digitalmente, por exemplo!
    Já conhecia o poeta Damário, principalmente a poesia “Todo o Risco”…maravilhoso!
    Beijos,
    Mari

    Responder

    • fagulhadeideias
      fev 19, 2015 @ 14:12:00

      A coleção é formada pelas mais diversas personalidades baianas: Roberto Pires (cinema) , Juliano Moreira (psiquiatria) , Rômulo Almeida (politico e economista) e muitos mais!
      A sua xará Mariana responsável pelo perfil de Damário me informou que os livros podem ser encontrados na Livraria do Aeroporto (SSA) e na Loja Pérola Negra FONE: (71) 3336-6997
      Beijo

      Responder

  2. Mariana
    fev 19, 2015 @ 11:06:30

    Ah, aproveitei o carnaval e li “A Máquina de Fazer Espanhóis”, de Valter Hugo Mae…maravilhoso!
    Mais uma vez, obrigada pela dica!
    Beijos.

    Responder

    • fagulhadeideias
      fev 19, 2015 @ 14:15:02

      Oi Mari,
      Isso é que é um carnaval bem aproveitado! Tomara que durante os feriados da Semana Santa também possa fazer boas leituras. Beijo

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: