Os excluídos

“Matem uma galinha para que todos os macacos travessos fiquem com medo e assim comecem a obedecer” (ditado chinês)

Os-excluidosA história de “Os Excluídos”, aclamado livro da escritora chinesa Yiyun Li, radicada nos EUA, transcorre no final da década de 1970, na esquecida cidade de Rio Lamacento, no interior da China.

Os moradores, em breve, participarão das festividades que precedem o julgamento de uma mulher de 28 anos que, quando jovem, foi ardorosa seguidora de Mao Tsé Tung.

Crédula e inexperiente cometeu o crime hediondo de escrever uma carta, para o rapaz que amava, em que revelava suas dúvidas quanto aos métodos e a eficácia da Revolução Cultural.

Pretendendo obter privilégios para si e sua família, o namorado não tem escrúpulos em traí-la, e entrega a carta ao Comitê Revolucionário da cidade.

Depois de amargar dez anos na cadeia a jovem é condenada à morte, porque o diário escrito na prisão – quando já se tornara um farrapo humano e perdera o sentido de autopreservação – é mais uma prova comprometedora de sua deslealdade para com o Partido Comunista.

Apesar de os vizinhos conhecerem a jovem desde criança, a sua condenação, inicialmente, não os sensibiliza e em nada altera a vida de cada um deles.

Discretamente comentam entre si:

Para cada pobre alma derrubada pelos acontecimentos (…) haveria outra recebendo uma promoção. Um equilíbrio de energia social (…) em que, na verdade, para subir naquele país era preciso usar alguém como degrau. Não se davam ao trabalho de remexer o próprio passado, pois sabiam muito bem que, para atingir aquela idade são e salvos, já tinham tido a sua cota de corpos debaixo dos pés para mantê-los na superfície e aquelas histórias não tinham mais nenhuma importância, pois a vergonha e a culpa haviam sido absolvidas pela velhice”.

Mas querendo ou não, essa execução trará consequências  para a maioria dos moradores de Rio Lamacento. Aos poucos, graças ao texto brilhante e seguro de Yiyun Li, o leitor conhecerá aqueles que iniciaram uma tímida reação, os que serviram como plateia para essa pantomima macabra, os oportunistas sem escrúpulos e aqueles que, sem saber como ou por que, foram levados pela enxurrada dos acontecimentos.

Histórias de vidas que se entrelaçam, repletas de pequenas alegrias e grandes lutas, de ações altruístas e outras bastante cruéis. Vidas insignificantes, esmagadas por uma minoria, que se escora atrás de um “Ideal” que, há muito tempo, perdeu seu frescor e se transformou num mastodonte tirânico.

Quando terminei a leitura de “Os excluídos” pensei: ”Destes ficamos sabendo, mas que horrores serão revelados quando a caixa de Pandora guardada pelos escritores norte-coreanos for, um dia, aberta?”.

Os excluídos

Yiyun Li

Editora Nova Fronteira

R$ 54,90

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Mariana
    mar 20, 2013 @ 15:37:44

    Paula, Li o “tempo de boas Preces”(por indicação sua), da mesma autora e achei maravilhoso. Inclusive, no conto fanal desse livro, a autora menciona a história dessa mulher condenada a morte pelo governo de Mao. O livro que li, está recheado de histórias sobre a repressão do governo comunista da China. Fantástico!
    Vou ler “os excluídos” Também.
    Beijo.

    Responder

    • fagulhadeideias
      mar 20, 2013 @ 16:24:00

      Mári, Não sei se meu comentário mostrou a riqueza dos personagens do livro “Os excluídos”, a autora é maravilhosa quando retrata e dá voz às pessoas simples e esquecidas. O livro foi considerado um dos melhores do ano de 2009 pelo The New York Times. Se gostou das boas preces vai gostar deste também e no final vai ficar uma expert nos problemas sociais da China! Beijo

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: