Nem mesmo todo o oceano

Morreu Alcione Araujo, dramaturgo, roteirista e escritor mineiro, autor de Nem mesmo todo o oceano, livro que li há mais de dez anos e que muito me marcou na época.

Trata-se de um Senhor romance. Grande no tamanho e com uma trama envolvente.

Em mais de 700 páginas somos apresentados aos fatos históricos e costumes que marcaram o Brasil nas décadas de 50 a 70, pano de fundo para ascensão e a derrocada de um rapaz ambicioso, de origem humilde, nascido no interior de Minas Gerais, e que se torna médico no Rio de Janeiro.

Preocupado apenas em alcançar o sucesso profissional e ascender socialmente, sem se identificar com qualquer partido ou ideologia política, o personagem termina participando ativamente no submundo repressivo da época.

Ao escrever Nem mesmo todo o oceano Alcione Araujo pensava menos nas razões políticas e ideológicas da nação, e mais nas motivações éticas das atitudes humanas. Para tal, construiu um personagem cativante, sedutor e exemplo de obstinação profissional, mas que, ao longo de sua trajetória, derrapa moralmente na própria ambição e se revela um autentico anti-herói. Um comportamento que suscita discussão sobre a personalidade perversa adormecida nos seres humanos, os meios de alcançar o sucesso e a responsabilidade moral sobre nossas escolhas.

Empolgante, instrutivo, perturbador e com um final surpreendente, Nem mesmo todo o oceano, nos convida a refletir um pouco mais nas escolhas que fazemos levianamente. As consequências podem se transformar num tsunami não só em nossas vidas, mas também naquelas de quem mais amamos.

Nem mesmo todo o oceano

Alcione Araujo

Editora Record

R$ 57,90

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: