Em defesa de Jacob

Seria apenas mais uma investigação igual a tantas outras que já fizera, nada demais. O promotor Andy Barber precisava descobrir e condenar o assassino de um garoto de 14 anos, colega de escola de seu filho.

No entanto o caso acaba por se complicar quando as suspeitas recaem sobre a própria família e ele é afastado do cargo.

Apesar de acreditar na inocência do filho, Barber descobre que ele esconde segredos muito perturbadores.

Baseado em quê pode um pai afirmar, categoricamente, que conhece o filho adolescente? Será que por  amá-lo muito não ficaria emocionalmente cego a  tudo o que não quisesse ver e perceber?

A essas revelações se juntarão outras, vindas de um passado que o próprio Barber levou toda a vida procurando esquecer.  A desconfiança instalada na família acabará por minar o casamento longevo e feliz do promotor.

Não é à toa que “Em defesa de Jacob” ficou mais de 20 semanas na lista de mais vendidos do New York Times.  O livro é um excelente suspense psicológico com um final surpreendente. Recomendo a sua leitura para os apaixonados por tramas que se desenrolam em tribunais ou para aqueles que simplesmente gostam de uma história em que nada é o que parece ser.

Em defesa de Jacob

Wiliam Landay

Editora Record

R$ 39,90

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Mariana
    out 30, 2012 @ 14:06:48

    Mais um bom livro para colocar na minha lista…ufa!
    Obrigada pelas dicas maravilhosas!
    Beijo.

    Responder

  2. Jusciney Carvalho
    nov 05, 2012 @ 11:38:11

    Paula esse gênero não me seduz… mas valeu a dica! Beijo, querida!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: