Será que é só falta de bom senso?

Estamos em Tiradentes, vila pequenina e charmosa em Minas Gerais. Lugar de excelente gastronomia, com opções para os mais variados paladares.

Em nossa primeira noite, escolhemos jantar num restaurante que é  sempre  citado nos festivais gastronômicos que ali acontecem. O  lugar era uma graça, com decoração charmosa, e um clima romântico reforçado pela iluminação feita à luz de velas.

Chegamos cedo, além da nossa mesa estavam ocupadas outras duas. Uma com um grupo de alemães, a outra com um casal e seu filhinho que deveria ter por volta de seis anos, uma graçinha de menino.

Estávamos encantados, a noite prometia ser das mais agradáveis. A música ambiente na altura certa, um cardápio com opções apetitosas e um vinho delicioso.

Foi exatamente quando erguíamos os copos para brindar, que todos escutamos um berro infantil: “TIRA ISSO DAQUI! AGORA!”Sobressaltados olhamos para a mesa ao lado. A mãe ainda tentou insistir para que o filho comesse alguma coisa, o que fez o menino, não mais uma “gracinha”, gritar de novo: “NÃO VOU COMER ESSA COMIDA! TIRA ESSA COMIDA, AGORA!” O pai calado estava, calado continuou.

Quando finalmente retiraram o prato de frente da criança, os demais clientes procuraram recuperar a serenidade que até então reinava no restaurante. Mas infelizmente o clima romântico estava quebrado. Não era possível namorar tendo uma criança que, mesmo depois de ter seu desejo prontamente atendido, continuava impondo a sua voz sobre todas as outras, enquanto mostrava, em alto e bom som, as suas aptidões de alfabetização recentemente aprendidas.

Mas afinal de contas o que é que um garoto, mal educado de seis anos, estava fazendo num restaurante de alta gastronomia, quando Tiradentes oferece tantas outras opções mais apropriadas para seu paladar e idade?

Há lugares e lugares para levar uma criança. Não a um restaurante onde a musica e a iluminação são suaves e aconchegantes, e os pratos demoram um pouco mais a serem servidos, porque são feitos na hora. É óbvio que uma criança acaba por ficar com sono e irritada.

Falta bom senso a esses pais que obrigam os outros clientes, que pagaram para ter uma noite agradável, a participar das más criações de seu garotinho mimado. Filho se educa em casa e não na rua. 

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Jusciney Carvalho
    set 25, 2012 @ 16:25:44

    Oi Paula! Como sabe, não tive filhos, mas tenho sobrinhos bem educados, mas todos muito mimados pelos meus manos. Fico, também, impressionada com os desmandos das crianças, apoiados pelos pais. Me impressiona ainda mais eles acreditarem que estão educando. Enfim, não há só falta de sensatez dos adultos. Creiam que se esquecem de adaptar seus hábitos e incluir programas infantis no cardápio, ao viajarem com suas proles. Espero que o jantar tenha sido maravilhoso… não conheço Tiradentes e se quiser postar as impressões da viagem me meu blog, por favor, não deixe de fazê-lo!! Lá tenho alguns posts de amigos que viajaram e decidiram colaborar no blog. Beijão!

    Responder

  2. fagulhadeideias
    set 25, 2012 @ 16:50:00

    Ju, você esqueceu de colocar o link para seu blog, mas eu coloco aqui http://foiassimdoispontos.blogspot.com.br/ vale a pena ser visitado. Beijo

    Responder

  3. Mariana
    set 28, 2012 @ 13:32:57

    Assim como Ju, não tenho filhos, mas fui professora de Educação infantil e tive contato com diversas crianças que se comportavam, obviamente, conforme a criação dos pais. O que pude notar é que não é necessariamente um lugar “inadequado” que provoca reações indesejáveis dos ticos, mas a educação que os pais dão a eles. Não esqueço quando fui a um concerto de violinos e que observei que lá estavam umas quatro crianças pequenas, caladas e bem comportadas. Ou seja, crianças que foram educadas pelos pais para aquela situação. Concordo que há certos lugares não indicados para crianças pequenas, mas essa situação, na minha opinião, tem mais relação com a má educação dos pais do que com o ambiente.
    Adorei o texto e lamento que sua noite romântica tenha sido interrompida por essa desagradável manifestação de falta de educação. Beijo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: