Olhar com olhos de ver

Quando terminei de ler Bonsai veio-me à lembrança uma história, que narra o encontro entre um pequeno comerciante e seu amigo Olavo Bilac.

Pretendendo vender o seu sitio, o comerciante pediu ao poeta que redigisse o anúncio de venda da propriedade.

O tempo passou e quando voltaram a se encontrar, Olavo Bilac perguntou-lhe se já tinha vendido a casa. Este respondeu que não.

As qualidades enumeradas no anúncio revelaram uma propriedade, que apesar de sua, até então não havia percebido. Ao tomar emprestado o olhar do poeta, decidiu mantê-la e desfrutá-la.

É esse “olhar com olhos de ver” que está presente em Bonsai.

Alejandro Zambra é chileno, e foi eleito pela revista britânica Granta como um dos vinte e dois melhores jovens escritores hispano-americanos.

Com texto limpo e enxuto o autor narra uma história de amor igual a tantas outras e que um dia termina, sem explicações, como outras mais.

Assim como um bonsai tem podados os galhos e folhas desnecessárias; aqui são cortadas as palavras inúteis, transformando este pequeno livro, de apenas 91 páginas, em um romance único e especial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: