O Urso e o Gato-Montês

Quando peguei neste livro de capa dura e bonitas ilustrações que se encontrava exposto na seção infantil, imaginei que fosse indicado para crianças. No entanto ao terminar sua leitura percebi que ele se encontrava na estante errada.

O Urso e o Gato-Montês é um conto japonês que, com muita delicadeza, narra a amizade de um urso e um passarinho que morreu. O urso leva sempre consigo uma caixinha, que confeccionou com o maior carinho e onde colocou o seu amigo. Quando ele tenta falar sobre a sua perda com os outros animais da floresta, estes apenas dizem que ele deve esquecer e seguir adiante com sua vida.O urso triste e com saudades fecha-se em seu quarto escuro. O tempo vai passando devagarinho, mas um dia o sol brilhante e o vento perfumado o empurram para fora de casa e o levam a dar um passeio.  É então que ele conhece um gato que também carrega uma caixa.

Este conto tem lindas ilustrações na cor cinza, que remetem a um sentimento de luto, mas que aos poucos são acrescidas de leves pinceladas de rosa, à medida que boas lembranças são compartilhadas entre o urso e o gato-montês.

Um livro que fala de amizades improváveis, da valorização do hoje, de perdas, do tempo de chorar, de enxugar as lágrimas e voltar a sorrir. Uma pequena joia para ler e guardar com carinho, ou dar de presente para alguém especial e que já “carrega uma caixa”.

O Urso e o Gato-Montês

Kazumi Yumoto / Komako Sakai

Brinque-Book

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Mariana
    jul 30, 2012 @ 12:32:45

    Que lindo, Paula! Já sei quem posso presentear com esse livro e vou procurá-lo.
    Acredito que leituras como essas nos façam fugir um pouco desse tempo em que as alegrias “devem” ser permanentes e que a tristeza deve ser evitada a todos custo(com medicamentos e falsos sorrisos).
    Adorei a indicação! Me lembrou muito uma crônica de Lígia Fagundes Telles, uma autora que adoro!
    Beijo,
    Mari

    Responder

  2. Silvia
    ago 15, 2012 @ 07:29:41

    Paula, que lindo! Que suavidade para tocar nesse tema tão difícil… E quem não carrega sua caixa, não é? Um beijo e saudades.
    Silvia.

    Responder

    • fagulhadeideias
      ago 15, 2012 @ 12:51:06

      É isso aí minha amiga, na vida temos que aprender a carregar nossas caixas com saudades e leveza. Beijo, Paula

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: