Gosto de uma bobagem

Quem não gosta de falar bobagem, de cometer pequenas infrações e dar muitas risadas? É esse o tema de três livros infantis que abordam um tema pra lá de proibido, o “número dois”.

Da pequena toupeira que queria saber quem tinha feito cocô na cabeça dela”, é meu velho conhecido há quinze anos. Li essa história para meus filhos, e juntos demos boas risadas. Divertimo-nos muito com as diversas formas e sonoridades de cocô que cada bicho fazia, para provar à toupeira que não era o responsável por aquilo que ela levava em cima de sua cabeça. Esse livro foi reeditado na forma de pop-up e agrada aos pequenos na faixa entre 2 e 5 anos.

Cadê meu penico? Escrito em versos rimados, este livro conta a história de uma menininha que mora numa fazenda e está louca de vontade de fazer “uma coisa”, mas não encontra o seu penico em lugar algum. Enquanto ela procura daqui e dali, os animais da fazenda encontram um objeto misterioso e muito útil. Mal sabem eles que esse é o penico que a menininha tanto procura. Esta história divertida e com imagens coloridas é perfeita para crianças de 5 a 8 anos.

Quem soltou o pum? Recentemente me peguei rindo baixinho, ao ler este livro na seção infantil da livraria. Pum é o nome de um cachorrinho de estimação, que arma as maiores confusões quando é solto. A história é ótima e os trocadilhos divertidíssimos. Indicado para pequenos leitores de 6 a 9 anos e para os grandinhos que não têm vergonha de soltar não só o pum (o cachorro!), mas também seu lado criança. Este livro também pode ser encontrado na versão para Ipad.

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Maria Rui
    jun 19, 2012 @ 21:09:44

    Muito bom ! Adorei!

    Responder

  2. Silvia
    ago 15, 2012 @ 07:32:11

    Paula,
    A toupeira é sucesso, obrigada! E a versão do pum no iPad é muito divertida, Diogo adora! Rs…
    Beijo.

    Responder

    • fagulhadeideias
      ago 15, 2012 @ 12:47:28

      Oi Silvia, você sabe que esses leitores mirins são muito exigentes, que bom que eles aprovou minhas dicas. Beijo nos dois.

      Responder

  3. Trackback: E não é que a família cresceu? | Fagulha de Ideias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: